Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

VIVA!!! ANO NOVO CHEGANDO.FELICIDADES EM 2013

PÉROLAS

"As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade."
Lamentações 3.22-23

Lembremo-nos sempre que é só pela misericórdia do Senhor que continuamos a viver. Em breve, um novo ano se inicia, por isso conclamo a todos: aprendamos a receber a plenitude da graça de Deus! A maioria dos filhos de Deus têm muitas dificuldades nessa área. Por que será? Porque graça é favor imerecido, e quem de nós está disposto a viver de favor que não merece? Só o filho de Deus que cresce no conhecimento de si mesmo pode fazer isso. Ele aprende a odiar-se a si mesmo, e assim está em condições de tomar da plenitude da graça de Jesus Cristo, como diz João 1.16: "...temos recebido da sua plenitude, e graça sobre graça." Quando tomamos dessa graça, vivemos no descanso e na serenidade interior e exterior. Só assim podemos dizer cheios de gratidão: "É só pela misericórdia do Senhor que aind…

Natal Com Jesus

Um homem caminhava de cabeça baixa pela rua movimentada. Ele parecia profundamente preocupado e nem percebia a bonita decoração natalina e o movimento intenso. Por um momento ele parou e tirou do bolso uma carta amassada, voltando a ler as palavras: "Não podemos comemorar o Natal sem que você esteja conosco, pois isso não teria sentido. Nós o amamos. Por favor, volte para casa!" O homem enxugou as lágrimas furtivamente e tomou a decisão: ele iria viajar imediatamente para passar o Natal com os seus, com aqueles que o amavam. Milhões de pessoas comemoram o Natal. Os pinheirinhos são enfeitados, as casas e ruas ficam cheias de luzes, ceias familiares são realizadas e muitos presentes em lindas embalagens são trocados. Mas, será que pode existir uma comemoração real sem a presença Daquele por causa de quem o Natal é festejado? Há quase 2000 anos, Jesus Cristo nasceu em Belém. Agora Ele não se encontra mais fisicamente entre nós, pois está assentado à direita de Deus, o Pai. Seus …

A Magia do Natal .

Que neste Natal
Aquela magia toda guardada durante todo o ano
Venha presente nos corações daqueles que festejam o amor.

Que não apenas seja uma comemoração,
Mas um início para uma nova geração.

O Natal simboliza nova vida,
Pois nele comemoramos o nascimento do Homem
Que modificou a nossa maneira de ver o mundo.
Trazendo-nos amor e esperança.

Que neste natal  sejam confraternizados todos os desejos
De um mundo melhor.

Que todos estabeleçam um novo vigor de humanidade.
E que nada seja mais forte do que a união
Daqueles que brindam o afeto entre eles.

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!!!

Rabanadas Antigas do livro Cozinha Tradicional Portuguesa da Editoral Verbo

Ingredientes :
1 pão de cacete de 500 g
300 g de açúcar
1 colher de sopa de manteiga
1 pau de canela
1 casca de limão
2 gemas
2 ovos
7,5 dl de vinho tinto verde ou maduro
250 g de mel
1 colher de sobremesa de canela em pó
Óleo para fritar
Confecção: 

Corta-se o cacete em fatias com cerca de 1 cm de espessura. Leva-se ao lume o açúcar com 2 dl de água, a manteiga, o pau de canela, a casca de limão e uma pitada de sal. Deixa-se ferver durante 5 minutos. Retira-se do lume e introduzem-se as fatias de pão na calda bem quente. Escorrem-se sobre uma peneira ou passador. Em seguida, passam-se as fatias pelas gemas em óleo quente. À medida que se vão fritando as rabanadas, colocam-se estas numa travessa funda e polvilham-se com açúcar e canela. À parte, mistura-se o vinho tinto com o mel, a canela em pó e, se o vinho for verde ou agreste, açúcar. Leva-se ao lume só para levantar fervura e deita-se sobre as rabanadas.  Viram-se com cuidado para não se partirem. Servem-se no dia seguinte.

Cookies Encantados

Cookies Encantados.

200g. de manteiga sem sal em temperatura ambiente.
02 ovos separados (claras em neve).
01 lata de leite condensado.
60g de nozes picadas (eu não coloquei pois não tinha em casa).
01 tablete de chocolate meio amargo bem picado ( eu ralei no ralador).
01 colher (chá) de essência de baunilha.
02 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo.
1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio.
uma pitada de sal.

Bata ligeiramente a manteiga na batedeira e,mantendo-a ligada vá acrescentando as gemas e o leite condensado em fio,ate obter um creme bem leve e esbranquiçado (aproximadamente 20 minutos).
Desligue então a batedeira e junte ao creme as nozes,o chocolate picado ou ralado e a essência de baunilha,misturando delicadamente com um batedor de arame ou colher de pau.
Peneire aos poucos sobre o creme,a farinha,o bicarbonato e o sal e vá misturando com o batedor de arame ate incorporar bem os ingredientes secos ao creme.
Unte com manteiga 02 assadeiras grandes e coloque nelas pequenas porções de m…

Casalinhos Recheados Colaboração da D. Gina da Costa

Ingredientes: 500 grs de farinha de trigo200 grs de manteiga ou margarina250 grs de açúcar1 colher de sobremesa cheia de fermento em pó2 ovos1 pitada de salgeleiadoce ao gostococo raladoConfecção:
Coloque a farinha na mesa e abra-lhe uma cavidade ao centro.
Deite aí a manteiga ou a margarina e o açúcar, o fermento em pó.
Amasse muito bem a gordura com o açúcar, e o fermento e vá acrescentando os ovos um a um.
Depois de bem ligado, comece a envolver a farinha mas sem amassar demasiado só o suficiente para envolver bem os ingredientes.
Cubra depois com um pano e deixe repousar cerca de 30 minutos.
Depois polvilhe a mesa com farinha e, com o rolo, estenda porções de massa, com 4 mm de espessura corte a massa em círculos inteiros.
Leve a cozer ao forno médio em tabuleiro untado.
Depois de cozidas, acasale as bolachas duas a duas,  uma das partes, barrado com o doce.
Pincele os pares com geleia diluída com um pouco de água e passe pelo o coco ralado.

Assembleia-Geral da ONU reconhece Palestina como Estado observador

GUSTAVO CHACRA , CORRESPONDENTE / NOVA YORK - O Estado de S.Paulo Em uma decisão histórica, a Assembleia-Geral das Nações Unidas reconheceu ontem a Palestina - nas fronteiras pré-1967 e com capital em Jerusalém Oriental - como Estado observador da ONU. Foram 138 votos a favor da proposta apresentada pelo presidente Mahmoud Abbas, 9 contra e 41 abstenções. A aprovação ocorreu no dia do aniversário de 65 anos da Partilha, que previa a criação de uma nação judaica e ao lado de uma árabe na região da Palestina histórica. A decisão de ontem não significa a independência da Palestina. Ramallah, entretanto, poderá ingressar em uma série de agências e órgãos ligados à ONU, incluindo o Tribunal Penal Internacional (TPI), no qual poderá acusar autoridades israelenses. A decisão em Nova York foi comemorada na Cisjordânia e na Faixa de Gaza (mais informações na página A17). Para o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu, a votação "não muda nada". Ele qualificou o discurso de Abba…

ONU reconhece Palestina como Estado observador não membro PUBLICIDADE DE SÃO PAULO

Por maioria, a Assembleia-Geral da ONU reconheceu nesta quinta-feira a chamada Palestina como um Estado observador não membro. A decisão eleva o status do Estado palestino perante a organização e significa uma importante vitória política para os palestinos. A resolução foi aprovada com 138 votos dos 193 da Assembleia-Geral. Houve nove votos contrários e 41 abstenções. Os votos contrários foram de EUA, Canadá, República Tcheca, Palau, Nauru, Micronésia, Ilhas Marshall e Panamá.
O status de Estado observador, semelhante ao do Vaticano, não garante direito a voto e fica aquém do reconhecimento pleno, que transformaria a Palestina no 194º membro da organização. Desde a entrada na ONU, em 1974, os palestinos eram representados pela OLP (Organização para Libertação da Palestina), que tinha o status de entidade observadora. Pelo direito internacional, o reconhecimento de Estados não se dá na ONU (Organização das Nações Unidas), mas por outros países.