Pular para o conteúdo principal

Prisioneiros palestinos exigem cumprimento de direitos humanos 5/6/2013 13:54 Por Redação, com Vermelho - de Damasco



























O advogado da Associação Addameer de Apoio aos Prisioneiros e de Direitos Humanos, Fares Ziad, visitou no domingo, na clínica da prisão de Ramle, dois prisioneiros palestinos de nacionalidade jordaniana, Abdullah Barghouti e Mohammad Rimawi, ambos em greve de fome. Além deles, outros três prisioneiros jordanianos estão em greve: Hamzah Othman, Muteb Mar’e e Alaa Hammad. O ministro dos Assuntos dos Prisioneiros Issa Qaraqe deu uma conferência de imprensa sobre o assunto.
O prisioneiro Abdullah Barghouti, de 41 anos, residente da aldeia de Beit Rima, Ramallah (centro administrativo da Cisjordânia), informou ao advogado da Addameer que iniciou sua greve de fome em 5 de fevereiro, quando estava na prisão Gilboa.
Após o anúncio da greve, o prisioneiro foi transferido para o departamento de prisioneiros civis, onde ficou por 14 dias. No dia 15 de maio, foi transferido para a prisão Jalame, para ser interrogado a respeito da sua greve de fome. Neste período, deixou também de ingerir qualquer tipo de líquido. No dia 19 de maio foi levado para o hospital da prisão Ramle.
O prisioneiro Barghouti confirmou ao advogado da Addameer que os cinco prisioneiros jordanianos anunciaram a greve em 5 de fevereiro, nas prisões de Ramon, no Negev, e Gilboa. Todos dispostos a seguir uma longa batalha, até que suas reivindicações sejam atendidas.
Entre as reivindicações, os prisioneiros pedem a transferência das prisões israelenses para cumprir o restante da pena em prisões jordanianas, conforme o acordo de Wadi Araba, assinado entre a Jordânia e Israel (tendo como exemplo o procedimento com o prisioneiro Sultan Ajlouni, condenado em Israel e transferido para as prisão jordaniana para terminar a sentença); o esclarecimento do destino dos 20 prisioneiros jordanianos desaparecidos; e a repatriação dos corpos dos mártires, mantidos no que se chama de “cemitério dos números”.
Vale ressaltar que o prisioneiro Abdullah Barghouti tem a maior condenação militar na história da ocupação israelense (67 sentenças de prisão perpétua), e está preso desde 5 de março de 2003.
Sobre o prisioneiro Mohamed Remawi, de 47 anos, da aldeia de Beit Rima, próximo a Ramallah, o advogado afirmou que o preso continua em greve de fome desde 5 de fevereiro, enquanto estava na prisão Ramon. O prisioneiro foi transferido para o setor hospitalar de Ramla em 22 de maio e até hoje só bebe água.
Remawi explicou que, antes de iniciar a greve de fome, sofria com uma grave inflamação nos pulmões e intestinos e fora infectado com a “febre do Mediterrâneo”. Hoje, com a falta de alimentação, sente forte cansaço e preocupa-se pelo fato de a administração prisional não lhe oferecer a medicação para os problemas de saúde. Segundo Remawi, a administração chegou a propor dar remédios em troca do fim da greve de fome. A proposta foi rejeitada categoricamente pelo prisioneiro, que está detido desde 19 de outubro de 2001, condenado a três penas de prisão perpétua.
Segundo informações dadas durante uma conferência de imprensa realizada nesta terça-feira (4), na cidade de Ramallah, pelo ministro dos Prisioneiros Issa Qaraqe, um membro do Comitê Central do Movimento Fatah, Mahmoud Alou, e Qaddoura Fares, diretora do Clube dos Prisioneiros, este foi o primeiro dia da Batalha de Emissão Nacional, que terá início com cerca de 700 prisioneiros dos serviços de segurança da Autoridade Palestina, com protestos contra o uso dos uniformes oficiais do serviço prisional (vestimenta marrom).
Eles recusam-se também a ficar em pé na hora da contagem e, como uma das principais exigências, pedem o reconhecimento de seus status como prisioneiros de guerra e, consequentemente, a transferência para prisões do interior do território ocupado da Palestina de 1967, a Cisjordânia.
A Addameer confirma seu apoio às reivindicações dos prisioneiros e salienta a necessidade de tratamento aos detidos baseado nos termos das Convenções do Direito Internacional Humanitário, as Convenções de Genebra (a terceira e a quarta, em particular, uma de 1949, sobre o tratamento aos prisioneiros de guerra, e a outra do mesmo ano, sobre a proteção de civis em tempo de guerra).


Correio do brasil.

Postagens mais visitadas deste blog

SIMBAD E OS SETE MARES 1989 DUBLADO COMPLETO

Sinopse: Sinbad e seus companheiros de viagem voltavam felizes para casa quando se deparam com a cidade transformada em miséria e tristeza. Era tudo obra de um feiticeiro. Então Sinbad terá que derrotar sinistros vilões com sua curiosa tripulação em busca de gemas perdidas de Basra.




Elenco:
Lou Ferrigno ... Sinbad
John Steiner ... Jaffar
Roland Wybenga ... Alì
Ennio Girolami ... Viking
Hal Yamanouchi ... Samurai
Yehuda Efroni ... Ahmed
Alessandra Martines ... Alina
Teagan Clive ... Soukra
Leo Gullotta ... Nadir
Categoria Pessoas e blogs Licença Licença padrão do YouTube



Explicando os Cavaleiros templários e a maçonaria

DOCUMENTÁRIO - Babilônia Passado, Presente e futuro (1996)

Emmet Douglas
A história e as profecias bíblicas apresentam a Babilônia como uma potência social, econômica e religiosa. O império é apresentado na Bíblia como sendo uma mulher cavalgando uma besta com sete cabeças e dez chifres, descrita como "A Grande Mãe das Prostituições e das Abominações da Terra" (Apocalipse 17:5).

A Babilônia tem fascinado a muitos através dos séculos, e sua história também é importante para os cristãos hoje. Descubra o fio comum que liga o presente ao passado da Babilônia. Explore um dos mais fascinantes mistérios da história e da Bíblia.
CategoriaPessoas e blogs LicençaLicença padrão do YouTube

Os Valores Morais e sua Importância na Sociedade

Por: tabata larissa  Desde o nascimento nos é ensinado o que é certo e errado e a partir disso reproduzimos os valores impostos pela sociedade. Antes de mais nada, valor moral pode ser definido como "respeito à vida", não apenas a vida individual mas sim a vida coletiva, já que vivemos coletivamente, dependendo uns dos outros. A última pesquisa de IVH (Índice de Valor Humano) mostrou que na opinião dos brasileiros, de forma geral, o que é necessário mudar no Brasil para a qualidade de vida melhorar de verdade é em primeiro lugar, a educação, seguida de política pública, violência, valores morais e emprego. Já no Estado de São Paulo houve uma variação em relação à opinião nacional, ficando valores morais em primeiro lugar. De qualquer modo, a discussão sobre os valores morais se mantém em posição de destaque, visto que a sua compreensão é deveras importante para o bom funcionamento da sociedadde como um todo. Mas como e quando ficou definido o que é correto e o que é considerado…

Bolo de Nozes

INGREDIENTES3 ovos (claras e gemas separadas)2 xícaras de chá de açúcar1/2 xícara de chá de margarina2 xícaras de chá de farinha de trigo1 colher de sopa de fermento em pó1 xícara de chá de nozes picadas200g de iogurte naturalCOMO FAZER BOLO DE NOZES
MODO DE PREPAROBata as claras em neve e reserve.Bata as gemas, o açúcar e a margarina.Acrescente a farinha de trigo, o fermento e as nozes.Acrescente o iogurte e mexa.Misture as claras batidas em neve.Despeje a massa em uma forma de buraco central untada e enfarinhada.Leve ao forno médio preaquecido por cerca 35 minutos.Retire do forno, espere esfriar e desenforme.Dica: Se desejar, cubra com glacê e decore com metades de nozes. Fonte: Tudo Gostoso