Pular para o conteúdo principal

Porque Tenho Enxaqueca? Explicação Completa!





Enxaqueca é um dos tipos de cefaleia (dor de cabeça), que se caracteriza por uma dor pulsátil em um dos lados da cabeça (às vezes dos dois), geralmente acompanhada de fotofobia e fonofobia, náusea e vômito. A duração da crise varia de quatro a 72 horas, podendo ser mais curta em crianças. Segundo o Ministério da Saúde, de 5 a 25% das mulheres e 2 a 10% dos homens tem Enxaqueca.
Enxaqueca-4Enxaqueca é predominante em pessoas com idades entre 25 e 45 anos, sendo que após os 50 anos essa porcentagem tende a diminuir, principalmente em mulheres. A doença ocorre em 3 a 10% das crianças, afetando igualmente ambos os gêneros antes da puberdade, mas com predomínio no sexo feminino após essa fase. A enxaqueca pode ser divida entre com aura ou sem aura, e essas em episódica ou crônica.
Segundo dados do Ministério da Saúde, 64% do total desses pacientes apresentaramEnxaqueca sem aura, 18% com aura e 13% com e sem aura. Os restantes 5% apresentaram aura sem cefaleia. Além disso, A Enxaqueca crônica se caracteriza por cefaleia em 15 ou mais dias do mês, sendo oito dias com crises típicas de enxaqueca, por mais de três meses, na ausência de abuso de medicamentos.
Causas da Enxaqueca: As causas exatas da Enxaqueca são desconhecidas, embora se saiba que elas estão relacionadas com alterações do cérebro e possuem influência genética. A Enxaqueca começa quando as células nervosas, já em estado de hiperexcitabilidade, reagem a algum gatilho frequentemente externo, enviando impulsos para os vasos sanguíneos, causando sua constrição ( relacionado a aura) seguida de uma dilatação (expansão) e a libertação de prostaglandinas, serotonina e outras substâncias inflamatórias que causam a dor.
O padrão de crise é sempre o mesmo para cada indivíduo, variando apenas em intensidade. O espaçamento entre crises é variável. Sabe-se também que o gatilho para as crises em Enxaqueca variam de indivíduo para indivíduo, sendo que em alguns a pessoa pode não apresentar nenhum gatilho específico. Os gatilhos de Enxaquecamais comuns são:
  • Estresse
  • Jejum prolongado
  • Dormir mais ou menos do que o de costume
  • Mudanças bruscas de temperatura e umidade
  • Perfumes e outros odores muito fortes
  • Esforço físico
  • Luzes e sons intensos
  • Abuso de medicamentos, incluindo analgésicos
Fatores hormonais: é comum mulheres portadoras de Enxaqueca apresentarem dor nas fases pré, durante ou após a menstruação. Esse tipo de migrânea é chamado de enxaqueca menstrual. Esse tipo de Enxaqueca tende a melhorar espontaneamente na menopausa. Muitas mulheres têm as crises pioradas, ou ate melhoradas, a partir do momento que iniciam o uso de anticoncepcionais orais
Alimentos e bebidas: Queijos amarelos envelhecidos, frutas cítricas (principalmente laranja, limão, abacaxi e pêssego), carnes processadas, frituras e gorduras em excesso, chocolates, café, chá e refrigerantes à base de cola, aspartame (adoçante artificial), glutamato monossódico (tipo de sal usado como intensificador de sabor, principalmente em comida chinesa), excesso de álcool.
Problemas Extras Com as Enxaqueca: Enxaqueca é uma dor tão forte que pode fazer com que várias atividades da rotina tenham que ser adiadas ou canceladas. Além disso, Perder compromissos, não aceitar o convite para participar de algum evento com os amigos ou deixar de comparecer a reuniões familiares são situações que certamente já ocorreram na rotina de quem convive com o distúrbio.
Fator Hereditário: Muito se ouve falar sobre a influência da hereditariedade no desencadeamento das crises de Enxaqueca. Entretanto, o que se pode afirmar realmente é que os tipos mais incomuns da doença provêm da genética. Em outros casos, demais doenças que também passam de geração para geração podem ter a incômoda dor como um dos seus sintomas. Além disso, Alguns tipos mais raros deEnxaqueca, como a hemiplégica familiar, ou a de transmissão autossômica dominante, são transmitidas geneticamente.
Porém, outras doenças neurológicas genéticas podem se apresentar também com crises de Enxaqueca. Por este motivo é que se reforça a tão importante atitude de investigar a razão do quadro em busca de uma solução adequada para a resolução do problema, o quanto antes.
Hora de se Cuidar: Às vezes, as pessoas que sofrem com a Enxaqueca têm um certo receio de procurar por ajuda médica. Pensar que ela será passageira e até mesmo mascarar as dores com analgésicos, que não precisam de receita médica para serem adquiridos, são atitudes que podem agravar o problema se as causas do distúrbio não forem investigadas devidamente. A ajuda de um profissional especializado será importante mesmo quando houver a suspeita de outros motivos para as cefaleias (chamadas de secundárias, nesse caso) ou se as cefaleias primárias chegarem a impedir atividades cotidianas. Esteja alerta ainda quanto ao uso abusivo de medicamentos analgésicos.
Portanto, quando a dor de cabeça começar de alguma forma a atrapalhar a rotina, é mais do que recomendado a procura por um especialista. Com o direcionamento adequado, será possível descobrir se a enxaqueca provém de algum mau hábito do dia a dia, tal como alimentar-se mal, ou se as dores são o aviso de que alguma coisa não está indo bem no organismo. Mesmo se forem esporádicas, prevenir é sempre a melhor escolha, ainda mais tratando-se de algo tão sério como a saúde.
http://www.saudedica.com.br/


    Postagens mais visitadas deste blog

    SIMBAD E OS SETE MARES 1989 DUBLADO COMPLETO

    Sinopse: Sinbad e seus companheiros de viagem voltavam felizes para casa quando se deparam com a cidade transformada em miséria e tristeza. Era tudo obra de um feiticeiro. Então Sinbad terá que derrotar sinistros vilões com sua curiosa tripulação em busca de gemas perdidas de Basra.




    Elenco:
    Lou Ferrigno ... Sinbad
    John Steiner ... Jaffar
    Roland Wybenga ... Alì
    Ennio Girolami ... Viking
    Hal Yamanouchi ... Samurai
    Yehuda Efroni ... Ahmed
    Alessandra Martines ... Alina
    Teagan Clive ... Soukra
    Leo Gullotta ... Nadir
    Categoria Pessoas e blogs Licença Licença padrão do YouTube



    Explicando os Cavaleiros templários e a maçonaria

    Doença de Chagas - POR DR. DRAUZIO

    Doença causada pelo protozoário parasita Trypanosoma cruzi que é transmitido pelas fezes de um inseto (triatoma) conhecido como barbeiro. O nome do parasita foi dado por seu descobridor, o cientista Carlos Chagas, em homenagem ao também cientista Oswaldo Cruz. Segundo os dados levantados pela Sucen, esse inseto de hábitos noturnos vive nas frestas das casas de pau-a-pique, ninhos de pássaros, tocas de animais, casca de troncos de árvores e embaixo de pedras.
    Transmissão
    A doença de Chagas não é transmitida ao ser humano diretamente pela picada do inseto, que se infecta com o parasita quando suga o sangue de um animal contaminado (gambás ou pequenos roedores). A transmissão ocorre quando a pessoa coça o local da picada e as fezes eliminadas pelo barbeiro penetram pelo orifício que ali deixou.
    A transmissão pode também ocorrer por transfusão de sangue contaminado e durante a gravidez, da mãe para filho. No Brasil, foram registrados casos da infecção transmitida por via oral na…

    Voce é muito importante para mim

    Pastel de tapioca com recheio de camarão da chef Kátia Barbosa ASSUNTOS: Receitas com camarão Este conteúdo faz parte de uma seleção feita pelo GNT.

    anote a receita do aconchego carioca Foto: Divulgação / Berg Silva Chama-se almofadinha a criação da chef Kátia Barbosa, do Aconchego Carioca, um pastel de tapioca com recheio de camarão.O petisco para servir numa recepção em casa ou para os amigos, pode ter outros recheios, mas sempre secos. O rendimento é de 70 pastéis pequenos. Tome nota:

    Ingredientes:
    500g de tapioca
    500g de queijo coalho de boa qualidade ralado
    1l de leite quente
    10g de sal refinado
    Pimenta-do-reino (a gosto)
    Cebola (a gosto) para refogar os camarões
    Tomate (a gosto) para refogar os camarões
    Alho (a gosto) para refogar os camarões
    1kg de camarão

    Modo de preparo:
    Para fazer a massa do pastel de tapioca, misture num recipiente a tapioca, o queijo coalho, o sal e a pimenta. Adicione o leite quente e misture sem parar até dar ponto de liga na massa. Deixe a massa descansar por duas 2 horas. Para abrir a massa, use luva de borracha ou rolo de plástico, pois ela gruda na mão e não de madeira.

    Empanada de carne da chef Rachel Khoo

    Pa…